NOTÍCIAS

Luiz Carlos Mota filia-se ao PTB

O presidente da Fecomerciários assinou ficha de filiação durante evento realizado em São Paulo

publicado em 18/10/2013

Aplaudido por mais de 200 pessoas, o presidente Luiz Carlos Motta filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), dia 3 de outubro, na presença do deputado estadual Campos Machado, presidente do partido em São Paulo, e de Luiz Flávio Borges D'Urso, ex-presidente da OAB-SP.

Emocionado, ao lado da esposa Elaine, Motta disse: “Filio-me ao PTB na certeza de que, no campo político e partidário, os 2,5 milhões de comerciários representados por nossa Federação vão ter ampliada a defesa dos seus interesses junto aos poderes Executivo e Legislativo. Com o respaldo de um partido verdadeira e historicamente trabalhista, a luta pela redução semanal da jornada, pelo fim do fator previdenciário, e o combate ao projeto 4.330, que amplia as terceirizações, entre outras bandeiras de luta dos comerciários, ficam potencializados. Portanto, é motivo de orgulho assinar minha ficha de filiação ao PTB com o apoio e estímulo do líder Campos Machado”.

Motta afirmou ainda que, ao somar forças com as oito Regionais que a Federação mantém no Estado, com o PTB e seus quadros, se configura como uma base de expansão das bandeiras comerciárias. “A credibilidade do partido, construída por gestos voltados ao bem da população e conduzida por homens e mulheres com bagagens inquestionáveis, me faz afirmar, com toda certeza, que o ao me filiar ao PTB fiz a escolha certa”.

O ato de assinatura da ficha de filiação de Motta aconteceu no Espaço Rosa Rosarum, em Pinheiros, Capital. Além de Motta, compuseram a mesa: Campos Machado; Luiz Flávio Borges D'Urso; Ricardo Patah, presidente da UGT e do Sincomerciários de SP; Aparecido Bruzarosco, secretário adjunto estadual do Trabalho; Luis Antonio Feliciano, representante do secretário-chefe da Casa Civil do governo paulista, Edson Aparecido; Guaracy Monteiro Filho, diretor de atendimento habitacional do CDHU; e Elaine Motta, representando as mulheres presentes no evento.

Na plateia, estavam presentes dirigentes da maioria dos 68 Sindicatos Filiados à Fecomerciários; membros do diretório estadual do PTB; Luiz Madureira, vice-presidente nacional do partido; Antonio de Sousa Ramalho Jr., presidente do PTB Sindical Estadual, filho do deputado Ramalho da Construção; prefeito Edmar Carlos Mazucato, de Osvaldo Cruz; ex-deputado federal Roberto Haddad; ex-deputado estadual Marcelo Gonçalves; Antonio Rogério Magri, ex-ministro do Trabalho; empresários João Silva, de São José do Rio Preto, e Paulo Miguel Stefan, de Araçatuba; e vereadores de vários municípios: Amauri Mortágua (Tupã); Charles Fernandes (Cruzeiro); Homero Silles (Osvaldo Cruz); Pedro Beneduzzi e Edilson Pereira Batista (Votuporanga). O deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) passou pelo local e desejou sucesso ao presidente Motta na nova empreitada.

 

Elogios

 

Ricardo Patah foi o primeiro a usar a palavra. “O mundo sindical tem de entrar no mundo político. Precisamos de representantes nos partidos que falem pela categoria comerciária e Motta é um líder sindical que sempre defendeu os comerciários”. Para D'Urso, o presidente Motta é uma liderança nata dos comerciários e espera que ele também seja um líder do PTB.

Já Campos Machado, presidente do PTB em São Paulo, finalizou o evento dizendo que “Motta é um homem de caráter, tenho orgulho de assinar sua ficha de filiação, já que ele é responsável por uma série de conquistas para os comerciários”. Por que todos os partidos querem o Motta?, perguntou Campos Machado. E ele mesmo respondeu: “Pela sua liderança e pela enorme categoria que representa. Motta, seja bem-vindo ao PTB”.

GALERIA DE FOTOS